Skype libera videochamada em grupo de graça para todos os usuários

Recurso permite realização de conferências em vídeo com até 10 pessoas. Antes, era preciso assinar pacote Premium de US$9 para usar serviço.

A Micosoft finalmente liberou de forma gratuita o recurso de videochamada em grupo no Skype, que permite conferência com até 10 participantes. A novidade foi anunciada no blog oficial da companhia.

Anteriormente, a ferramenta só estava disponível para os assinantes do serviço Skype Premium, que custa 9 dólares por mês e incluía outros recursos como ligações gratuitas.

Pedido antigo dos usuários do serviço de VoIP, a ação da empresa vai beneficiar usuários de diversas plataformas, como Windows, Mac e Xbox One.

“No futuro, vamos habilitar a videochamada em grupo para todos os nossos usuários em mais plataformas”, afirmou o executivo do Skype, Phillip Snalune.

 

Fonte: http://idgnow.com.br/internet/2014/04/28/skype-libera-videochamada-em-grupo-de-graca-para-todos-os-usuarios/

Unicamp oferece 9 cursos online gratuitos

Todo o material didático do projeto Mini Cursos Virtuais, desenvolvido pela equipe de Educação a Distância do Centro de Computação da Unicamp, é de uso livre, gratuito e irrestrito, licenciado segundo os termos da licença GNU/FDL (Free Documentation License) criada pela Free Software Foundation. Na elaboração do projeto, desenvolveu-se uma metodologia de auto-aprendizagem.

Para acessar qualquer um dos Mini Cursos Virtuais não é necessário fazer inscrição. Para isso, basta clicar no título do material de interesse, relacionado a seguir. O estudo pode ser feito on-line ou através de um arquivo que contém todo o material do curso. O arquivo para download se encontra na página de Apresentação de cada mini curso. Ao final do estudo não há a emissão de certificado.

Os usuários do curso têm à sua disposição ferramentas para solucionar dúvidas, fazer pesquisas externas sobre o assunto abordado e familiarizar-se com o vocabulário apresentado. Funções como acesso a arquivos com informações extras sobre o conteúdo, arquivos de animação, som, vídeo, figuras e também para download são representadas por ícones intuitivos e de fácil memorização por parte doaluno.

Relação dos Cursos:

Você também pode fazer cursos rápidos não gratuitos que entregam certificado na sua casa

Fonte: http://canaldoensino.com.br/blog/unicamp-oferece-9-cursos-online-gratuitos

 

Novidades no site de capacitações

Estamos implantando muitas novidades no site de capacitações e até o final deste mês de abril todas as funcionalidades  deverão estar incorporadas ao site.

Confira as principais novidades:

  • No ato de indeferimento de uma inscrição, o coordenador do curso terá a opção de redigir uma mensagem personalizada ao participante, indicando qual foi o motivo exato de sua inscrição ser recusada;
  • Durante a seleção dos candidatos o coordenador poderá ver se o participante já está inscrito em algum curso com data conflitante com o seu;
  • Quando o coordenador do curso corrigir uma atividade, o participante receberá um e-mail detalhando todas as correções e observações;
  • No ato da inscrição o participante deverá indicar sua área de formação e endereço pessoal, assim será possível, por parte do coordenador do curso,  uma melhor avaliação dos funcionários administrativos e professores de Fatec que não tem cadastro no Banco de dados da Cetec e o setor Administrativo da Cetec poderá prever melhor o orçamento, já que sabe de onde cada participante virá.
  • Será criado um usuário com perfil de visualização para todos os cursos, esta função permitirá o setor Administrativo da Cetec acessar qualquer informação a qualquer momento;
  • Os campos Título, Código do Saep e Informes Gerais serão bloqueados e só o Administrador do site poderá editá-los.
  • O campo Descrição não aceitará mais que cole informação nele (Ctrl V) esta medida foi necessária para garantirmos uma melhor visualização do conteúdo por parte dos participantes, evitando toda a poluição visual que o “Ctrl V” pode causar;
  • Agora é possível registrarmos convênios no site de capacitações onde os cursos pertencentes ao convênio exibirá o logo da empresa parceira em sua área de inscrição e em seus certificados emitidos;
  • O coordenador do curso poderá controlar a frequência dos participantes em cada encontros e permitir a geração de atestados de presença através da área do participante do site;
  • Além das capacitações o site irá gerenciar reuniões e emitirá atestado de frequência aos participantes;

Além de tudo isso  um novo módulo que já está em desenvolvimento permitirá que os professores preencham e enviem seus formulários para ressarcimento de despesas on-line agilizando muito todo o processo.

Aguardem…

 

Google abre inscrições para competição de marketing digital para estudantes

O Google abriu as inscrições para a sétima edição do Desafio Google de Marketing Online, competição voltada para estudantes de ensino superior que devem desenvolver uma campanha publicitária online usando o Google AdWords.

Para participar, as equipes devem ter de três a seis pessoas e um professor para auxiliá-los. Os participantes vão trabalhar para promover uma empresa real ou ONG, com US$ 250 de orçamento fornecido pelo Google.  Conforme o sucesso das campanhas, as equipes serão selecionadas por profissionais e por acadêmicos.

Os alunos concorrem a US$ 15 mil em doações para ONGs.  Os vencedores mundiais vão passar sete dias em São Francisco, nos EUA, e um dia na sede do Google em Mountain View para conhecer profissionais de AdWords, programas universitários e equipes de marketing. Já as equipes vencedoras regionais poderão visitar escritórios locais do Google para conhecer os profissionais de marketing.

Na edição passada, o Google registrou mais de 65 mil estudantes de mais de 100 países.

As inscrições vão até 21 de maio e também são válidas para estudantes brasileiros.

Com informações de Info

Simulados do Enem VEJA.com – AppProva

Em parceria com a startup AppProva, VEJA.com realizará neste ano uma série de simulados on-line gratuitos que reproduzem fielmente a metodologia usada no Enem — incluindo a teoria de resposta ao item (TRI) na correção dos testes. As notas finais também obedecem a TRI, revelando o desempenho real dos participantes.

Datas e horários
A primeira prova será realizada entre os dias 26 e 28 de abril. No dia 26, às 13h, serão liberadas 90 questões de ciências humanas e da natureza; no dia 27, no mesmo horário, os 90 testes de matemática e linguagens — não haverá redação. O simulado será encerrado às 22h do dia 28. Os participantes terão 4 horas e 30 minutos para realizar a prova. Não é necessária inscrição prévia. Basta preencher, antes da prova, o cadastro em “Meu Perfil”, na barra lateral esquerda do AppProva.

As datas dos próximos simulados serão divulgados em breve.

Questões
Todas as questões do simulado são inéditas e foram elaboradas por professores do AppProva e do Colégio 7 de setembro, de Fortaleza, que figura na lista dos 150 melhores do país no ranking do Enem. A produção dos testes obedece à chamada matriz de referência, estabelecida pelo Ministério da Educação, que define habilidades e competências a serem aferidas.

Resultados, notas e análise de desempenho
Após cada simulado, os participantes receberão informações detalhadas sobre seu desempenho. Imediatamente após o fim da prova, eles poderão conferir o gabarito, com a indicação de erros e acertos. Dois dias depois, terão acesso a uma avaliação estatística da prova, que vai revelar como cada um se saiu em relação aos demais participantes e também segundo áreas, disciplinas, conteúdos e habilidades. Duas semanas após o simulado, serão divulgadas as notas finais dos estudantes, calculadas segundo a teoria da resposta ao item (TRI), usada pelo Enem. “Ofereceremos um raio-x da performance dos participantes, revelando pontos fortes e fracos. Isso permitirá que eles estabeleçam planos de estudo personalizados”, diz Matheus Goyás, diretor de estratégia do AppProva.

Fonte: http://veja.abril.com.br/appprova/?fb_action_ids=760774053942481&fb_action_types=og.likes

Projeto brasileiro ensina programação via Internet gratuitamente

 

A busca por profissionais qualificados no mercado de tecnologia levou empresas nacionais a copiarem uma iniciativa americana para incentivar os brasileiros a procurar este setor.

A Locaweb e a Caelum, que oferece cursos de programação, lançaram o Ano do Código, campanha semelhante à Code.org, que envolve nomes como Mark Zuckerberg e Bill Gates. Outras empresas do Brasil se envolveram na iniciativa com criação de conteúdo e divulgação, como GUJ, Alura, Globo.com, Code Miner e Casa do Código…

Da mesma forma como acontece na Code.org, internautas são estimulados a ter contato com esquemas de programação de forma simples, com tutoriais e depoimentos em vídeo que ajudam a melhorar o entendimento das tarefas.

Nas aulas, o aluno utiliza blocos que simulam comandos de programação. Sempre que cumpre uma tarefa, o internauta pode ver o código que seria necessário para efetuar a ação.

São quase 50 etapas. Quando uma é concluída, o aluno pode procurar conteúdo de parceiros ou de iniciativas semelhantes, a exemplo da Codecademy.

Mais informações estão disponíveis no site oficial do Ano do Código.

Com informações de Olhar Digital

 

Microsoft oferece capacitação gratuita em TI para estudantes brasileiros

Estudantes brasileiros com interesse em aprender noções em TI para enfrentar o mercado de trabalho têm até hoje para se inscrever no programa gratuito “Students to Business”, oferecido pela Microsoft Brasil.

Com foco em Desenvolvimento e Infraestrutura, o programa 100% online oferece módulos introdutório e intermediário. Aqueles que optarem pelo primeiro tema aprendem a criar aplicativos para Windows 8, usando HTML5 e JavaScript; os demais ganham lições para configurar e conhecer mais a fundo o Windows 8.1. Ao final de cada treinamento, o aluno faz uma prova online e recebe um certificado.

Os candidatos não serão submetidos a processo seletivo. O único requisito é estar regularmente matriculado em uma instituição de ensino reconhecida pelo MEC nos seguintes níveis de escolaridade: ensino médio, técnico, superior ou de pós-graduação (lato sensu ou stricto sensu).

De acordo com a Microsoft, o programa “Student to Business” capacitou, até o momento, mais de 100 mil estudantes em todo o Brasil.

Universidades de elite oferecem cursos gratuitos pela internet

 

Os Moocs (sigla em inglês para cursos massivos abertos online) são o assunto do momento em ensino a distância. Aulas de universidades americanas de elite como Yale, Harvard ou Princeton podem ser assistidas gratuitamente por qualquer pessoa que tenha acesso à internet em sites como edX e Coursera.

DICA PARA MOOCS

Planejamento e dedicação sistemática são duas coisas que farão diferença para quem pretende se juntar ao universo de usuários que já aderiram ao Moocs. Somente na Coursera, são cerca de 2 milhões de pessoas, com alunos dos EUA sendo a maioria (38,5%), seguido do Brasil (5,9%), Índia (5,2%) e China (4,1%).

Realizar todas as tarefas no dia em que são pedidas também evita o acúmulo no fim de semana e, apesar do volume de postagens, a participação em fóruns conta muito em cursos virtuais.

“A educação poderia ser mais acessível a todos se houvesse flexibilidade para que cada pessoa estudasse no seu próprio ritmo”, diz Tanushree Kaushal, 18, aluna do ensino médio em Nova Déli (Índia) que teve dificuldades para terminar as tarefas dentro do prazo pedido pelos cursos online.

Mas isso não se tornou um empecilho.  Tanushree já completou seis cursos Moocs e atualmente faz mais dois. Um de microeconomia para cientistas e outro de cálculo.

Claro que as dificuldades vão depender do tipo de curso escolhido. No entanto, o inscrito deve estar consciente do tempo que terá de dedicar ao Mooc antes de se inscrever indiscriminadamente em todos os cursos que julgar atraentes.

Veja mais aqui

Pesquisa Interna – Cetec Capacitações

No período de 30/09 a 10/10/2013 nós da Cetec Capacitações lançamos através de um formulário eletrônico, uma pesquisa com o objetivo de mensurarmos quais ferramentas a equipe demanda mais treinamentos.

Como resultado obtivemos 75 respostas e os cinco principais cursos solicitados foram:

1 – Moodle – (17%)
2 –  Google Drive (Edição de formulários) – (15%)
3 – Google Drive (compartilhamento de arquivos) – (14%)
4 – Banco de Dados da Cetec (bdcetec) – (13%)
5 –  Área administrativa do site de Capacitações – (09%)
Como um primeiro passo, já  estamos preparando uma capacitação sobre o uso do Moodle, uma importante ferramenta para EaD, e assim atenderemos ao curso com maior demanda na pesquisa.
Cetec Capacitações

 

Edição e gerenciamento de cursos no site de capacitações

Imagem da Área administrativa do site de capacitaç~eos

Imagem da Área administrativa do site de capacitações

Buscando alinhar alguns procedimentos e oferecer informações a todos funcionários docentes e administrativos da Cetec será oferecido no dia 26 de setembro de 2013 um minicurso informativo sobre edição e gerenciamento de cursos utilizando a área administrativa do site de capacitações.

verificou-se por meio de dúvidas encaminhadas, via e-mail ou pessoalmente, que uma grande parte da equipe desconhece algumas ferramentas que já estavam disponíveis em versões anteriores.

Este minicurso tem por objetivo demonstrar as principais ferramentas do sistema e como e quando cada uma deve ser utilizada.

Inscrições no site www.cpscetec.com.br/ceteccap

até o dia 20/09